Eu, Recenseador do IBGE

ÚLTIMO DIA PARA INSCRIÇÃO NO CONCURSO DO IBGE 2017. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS


Entre 19/07 e 01/09 tive a experiência de trabalhar no Censo 2010, como Recenseador do IBGE.

Agora é hora de contar como foi TUDO pra vocês:

Não sei se todos sabem, mas eu estou morando na Cidade de Além Paraíba, divisa entre RJ e MG. Uma cidade pacata, com cerca de 50 mil habitantes. Com a seca de shows que o Bleffe tem passado, resolvi fazer a prova para Recenseador do IBGE por conta do bom salário prometido no Edital.

Fiquei ente os 29 aprovados que seguiriam para o treinamento, de onde sairiam 27 recenseadores.

O treinamento começou no dia 19/07, uma Segunda, e o primeiro problema enfrentado foi que foi numa escola pública municipal. Cadeiras e mesas totalmente desconfortáveis para adultos, pois foram projetadas para atender a crianças. Opções de local pro treinamento? Haviam várias!

E pra ficar ainda mais “legal” estava havendo reposição de aulas por conta de uma greve dos professores.

Outra questão foi que alguns supervisores/instrutores estavam visivelmente despreparados para nos treinar. Em alguns casos eles chegaram a ser corrigidos por nós (??). Isso sem contar alguns com despreparo emocional. Vi momentos em que certo supervisor se exaltou com colegas e “treinandos”.

Ao final do treinamento receberíamos a pomposa ajuda de custo de… 48 REAIS!! Sim, 48 reais de ajuda de custo por SEIS DIAS de treinamento. Mas essa ajuda de custo só foi depositada quase um mês depois.

Ao final do treinamento fiquei em 6º lugar na opção de escolha do setor a ser recenseado, e foi agendada a data de 27/07 para o recebimento do PDA (computador de mão) com os dados do setor a ser recenseado.

Ao chegar lá no dia 27/07, soube que o pda ainda não estava pronto, por problemas na configuração. Aproveitando a minha estada lá, o supervisor me mostrou os setores disponíveis pra que eu já pensasse qual deles escolheria no dia 04/08, data reagendada para a escolha definitiva.

No dia 04/08 estive lá, peguei o PDA e escolhi o maior setor da cidade, com cerca de, inicialmente, 456 endereços.(no final o número era de 489 endereços)

No dia 05/08 iniciei os trabalhos.

Por conta de uma regra estabelecida por meus supervisores, eu teria que ir no posto de coleta (que era numa região central da cidade e foi deslocado pra uma região longe de tudo e todos) de dois em dois dias fazer o backup dos dados coletados.

Nos dias que se seguiram, meu desempenho foi:

1º Backup: 2% do setor coberto
2º Backup – 7% do setor coberto
3º Backup – 17% do setor coberto
4º Backup – 27% do setor coberto

Um dia após o 4º Backup, feito no dia 18/08, quando saía de casa para o setor, recebi uma ligação de meus supervisores pedindo que eu comparecesse ao escritório com urgência. Ao chegar lá , recebi a notícia de que o Supervisor Regional tinha pedido o meu desligamento da função, por conta do meu baixo desempenho, e que os supervisores locais tinham ponderado com ele e pedido 10 dias pra que eu fechasse o setor.

ÚLTIMO DIA PARA INSCRIÇÃO NO CONCURSO DO IBGE 2017. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Mas como assim? Se o Edital previa que cada recenseador deveria cobrir 10 casas por dia trabalhado, eu estava mais do que dentro da estimativa. Foi quando me informaram que a meta tinha aumentado para 15 casas/dia e que eu teria UM MÊS para fechar todo o setor, MESMO PRAZO dado a recenseadores que tinham setores com 150, 200 casas.

A partir daí, meus backups foram:

5º Backup – 34% do setor coberto
6º Backup – 63% do setor coberto
7º Backup – 87% do setor coberto
8º e último Backup – 100% do setor coberto, feito no dia 01/09, 13 dias após o 4º Backup.

Em 13 dias cobri 73% do setor, incomodando pessoas que chegavam em suas casas exaustas até as 22hs!! Isso mesmo!! Cheguei a trabalhar de 9 da manhã a 10 da noite pra cobrir o setor dentro do prazo ridículo que me impuseram.

Ah…mais um “errinho” do IBGE local, ou nacional, que seja:

Inicialmente prometeram 70% do pagamento após a cobertura de 50% do setor, e os outros 30% no fechamento do mesmo.

Agora, depois de terminado, preciso aguardar uma supervisão inicial pra receber 50% do valor prometido 72 horas após (ou seja, 04/09), e depois mais 15 DIAS pra receber os outros 50%. Ou seja, uma mudança acima de tudo desestimulante pra qualquer membro de equipe.

Mas pessoal, não tô aqui só pra lamentar. A experiência de recenseador me trouxe coisas altamente positivas. Foi uma experiência única esse contato com o público. A grande maioria das pessoas me recebeu com um sorriso no rosto, me deixou entrar em suas casas e “extrapolou” os limites do Censo, conversando e até às vezes desabafando comigo sobre seus problemas, tristezas e alegrias. Virei psicólogo, confidente, enfim, amigo de muita pessoas. Conheci pessoas muito legais, que hoje ao me verem passar na rua me cumprimentam. Pessoas que me convidaram a participar de outros projetos, trabalhos, etc…Pessoas que me chamam pelo nome, não me tratam como “o moço do IBGE”.

Problemas houveram, e esse post serve pra apontá-los também. Mas essa energia, esse contato direto com as pessoas só me fez crescer e foi, disparado, o melhor do meu trabalho no Censo 2010.

ÚLTIMO DIA PARA INSCRIÇÃO NO CONCURSO DO IBGE 2017. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS